NOTÍCIAS
 


SINDICATOS EXIGEM VAGA DE DIRETOR DO BANESPREV

28/01/2014

Todos os participantes do BANESPREV sabem que nas últimas eleições do Banesprev, para as Diretorias Administrativa e Financeira para o triênio 1º/04/2011/ a 31/03/2014 foram reeleitos colegas competentes apoiados pela AFABESP, AFABANS, SINFAB e ABESPREV. Para Diretor Administrativo foi reeleito, com larga margem de votos em relação ao 2º colocado, em função do seu ótimo trabalho, diretor com término do mandato no dia 31/03/14, isto é, dentro de 3 meses.

No final do ano passado esse mesmo colega foi eleito com estrondosa votação para o cargo de Diretor Administrativo da Cabesp, em função da confiança nele depositada pela comunidade banespiana, cuja posse ocorreu no dia 2 de janeiro último.

No entanto, no dia 7 de janeiro ocorreu um fato inusitado: os sindicatos, representados por alguns sindicalistas, ANTIDEMOCRATICAMENTE, fizeram uma exigência ao Banco Santander e à Diretoria do Banesprev para impedir que esse colega exercesse simultaneamente durante 3 meses o cargo de Diretor Administrativo da Cabesp e do Banesprev. Foi exigida a renúncia de um banespiano DEMOCRATICAMENTE eleito, em favor de uma suplente derrotada apoiada pelos Sindicatos.

Os sindicatos “convenceram” o Banco Santander, que passou pressionar nosso colega para que RENUNCIASSE, sob a alegação de ser impossível o acúmulo do cargo de Diretor Administrativo do Banesprev com o de Diretor Administrativo da Cabesp durante os 3 meses restantes.

Nosso colega, apesar de nada existir nos estatutos da Cabesp e do Banesprev ou da legislação vigente que impedisse o exercício dos dois cargos simultaneamente durante os 3 meses faltantes, resolveu renunciar.

Essa atitude demonstrou, mais uma vez, o seu elevado grau de responsabilidade, evitando envolver o Banesprev em mais uma disputa na justiça, como ameaçavam os sindicalistas.

É de se ressaltar que não haveria dupla remuneração e que o acúmulo seria apenas de serviços e não de salários.

A Afabesp, Afabans, Sinfab e todos aqueles que prezam a democracia repudiam essa exigência ilegítima feita pelos sindicatos, que foi feita unicamente para favorecer sua candidata derrotada nas últimas eleições.

 

AFABESP - DIRETORIA
 







voltar-----home